Quinta da Carolina | Região demarcada do Douro
The complexity coupled with elegance a genuine Douro character and unique style. The Quinta is located in the DOC region of the Douro Valley, in the left hand of the Douro river in the Cima Corgo sub-region, 4km south of Pinhão.
wines, taste, douro, rio, pinhao, Elegance, old ines, barrels, complexity, typicality, genuine,Fresh, young, balanced, velvety tannins, concentration, red fruit, old vines, harmonious, citrus, mineral, floral, gastronomic
3625
home,page,page-id-3625,page-template,page-template-full_width-php,ajax_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.1.2,vc_responsive
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

Quinta da Carolina

 

The Quinta is located in the DOC region of the Douro Valley, in the left hand of the Douro river in the Cima Corgo sub-region, 4km south of Pinhão.

Property of the family Cândido da Silva, Quinta da Carolina owns old vineyards, with the typical varieties from Douro Valley, with 30 to 40 years old, all exposed north and classified with the letter A.

Since the end of the 90’s, by the hand of the well-known Californian winemaker Jerry Luperd, and nowadays by the hand of the French winemaker Jean-Hugues Gros, Quinta da Carolina has a limit production and a philosophy of sincere, maximum quality wines.

Latest news:

 

Quinta da Carolina Special Reserve Douro 2011

Deep ruby color, with notes of fresh black fruit on the nose, perfectly blended and balanced with the new wood. Good volume in the mouth, balancing the concentration with mature tannins and crisp acidity. Elegant long finish with notes of vanilla and dark red fruit.
qta Carolina r esp 2011

ON PRESS

“Um Douro Genuíno. Com Muitas décadas de sucesso na comercialização de vinhos, a família Cândido da Silva teve a sensibilidade de olhar para a vinha velha da Quinta da Carolina e decidir-se por uma abordagem minimalista: ali há que preservar o ” terroir”.”

Queremos fazer vinhos de produção exclusiva, vinhos de garagem, resultantes de escolhas meticulosas, fruto de uma selecção rigorosa. Temos um projecto muito consciente.”

“Esta propriedade na margem esquerda do rio Douro já pertenceu a Jerry Luper, enólogo da Companhia Velha, foi ele que croiu a marca mas o novo proprietário resolveu manter o nome anterior, tendo criado entretanto uma 2ª marca que apenas se chama Carolina.”

“Um grande vinho de garagem do Douro. São poucos os produtores que ainda fazem edições pequenas, quase exclusivas, a partir de uvas próprias. São poucas mas ainda existem. Um deles é a Quinta da Carolina..”

“Carolina, uma princesa que cresce devagar mas segura por entre os grandes Barões do Douro. O resto deixo à vossa imaginação.”