Quinta da Carolina | Quinta da Carolina 2015
A complexidade aliada à elegância, num douro genuíno de carácter e estilo únicos. Propriedade da família Cândido da Silva, a Quinta da Carolina está localizada na região demarcada do Douro, sub-região do Cima Corgo, na margem esquerda do Rio Douro a 4 Kms sul do Pinhão.
vinhos, carolina, douro, rio, vinhas, pinhao, elegancia, vinhas velhas, barrica, complexidade, tipicidade, genuino, equilibrado, fresco, harmonioso, cítrico, mineral, floral, gastronómico, Touriga Franca, Tinta Roriz, Touriga Nacional, Tinta Carvalha, Tinta Amarela, Tinto Cão, Sousão, Rufete, Tinta Melra, Malvasia Preta, Tinta Barroca, Tinta Francisca, Bastardo
6082
page,page-id-6082,page-child,parent-pageid-4630,page-template,page-template-full_width-php,ajax_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.1.2,vc_responsive

Quinta da Carolina 2015

QUINTA DA CAROLINA

Produção total: 1700 garrafas

Vindima a 30 de Agosto


REGIÃO

A Quinta da Carolina encontra-se na região demarcada do Douro, sub-região do Cima Corgo, situada na margem esquerda do rio Douro, 4km a sul do Pinhão, com exposição a norte e com vinha velha letra “A”.

 

VINDIMA

O ano de 2015 foi caracterizou-se pela falta de água no Inverno/Primavera, um ano considerado seco com ondas de calor no inicio do Verão e com um Agosto mais fresco que o normal permitiram que as vinhas velhas da Quinta da Carolina originassem uma fruta de extrema qualidade em excelente estado de sanidade devido a baixa pressão durante todo ano de doenças.

 

CASTAS

Vinha velha da Quinta da Carolina 1950, com cerca de 2 ha,e com cerca de 30 variedades autóctones do Douro, sobressaindo a Tinta Amarela, Tinta Carvalha, Tinto Cão, Touriga Francesa, Tinta Francisca, Rufete, Tinta Roriz, Tinta Barroca e alguma Touriga Nacional. A diversidade das castas permite-nos vindimar mais cedo que o normal, devido à diferença entre os ciclos vegetativos, encontrando sempre um equilíbrio entre os graus de maturação.

 

VINIFICAÇÃO E ENVELHECIMENTO

A Vindima ocorreu no dia 30 de Agosto, em caixas de 20 kg, transportadas para a adega da Quinta da Carolina onde fermenta espontaneamente em Lagar de cimento a uma temperatura controlada de 22ºC com cerca de 30% cacho inteiro e o resto com total desengaçe.
Estagio em barricas novas e usadas de Carvalho Francês durante cerca de 12 meses seguido de estagio em Inox de 6 meses.

 

NOTAS DE PROVA

De cor vermelho rubi, com uma extração mais delicada durante a fermentação, este 2015 é fino e elegante, com fruta vermelha cristalizada no final de boca aliado a qualidade da madeira, é um vinho feito para apreciar enquanto jovem, com frescura, mantendo a mesma longevidade e o mesmo potencial de envelhecimento que nos habituaram os anos anteriores.

quintadacarolina2015

13,50%

0.6 g/l

3,52

1700

Alcool Açucares residuais pH Produção