Quinta da Carolina | Quinta da Carolina 2016
A complexidade aliada à elegância, num douro genuíno de carácter e estilo únicos. Propriedade da família Cândido da Silva, a Quinta da Carolina está localizada na região demarcada do Douro, sub-região do Cima Corgo, na margem esquerda do Rio Douro a 4 Kms sul do Pinhão.
vinhos, carolina, douro, rio, vinhas, pinhao, elegancia, vinhas velhas, barrica, complexidade, tipicidade, genuino, equilibrado, fresco, harmonioso, cítrico, mineral, floral, gastronómico, Touriga Franca, Tinta Roriz, Touriga Nacional, Tinta Carvalha, Tinta Amarela, Tinto Cão, Sousão, Rufete, Tinta Melra, Malvasia Preta, Tinta Barroca, Tinta Francisca, Bastardo
6082
page,page-id-6082,page-child,parent-pageid-4630,page-template,page-template-full_width-php,ajax_fade,page_not_loaded,smooth_scroll,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.1.2,vc_responsive

Quinta da Carolina 2016

QUINTA DA CAROLINA

Produção total: 1700 garrafas

Vindima a 20 de Setembro


VINHA

Vinha  velha da Quinta da Carolina 1950,com cerca de 2 hectares. Variedades autóctones do Douro, sobressaindo a Tinta Amarela, o Tinto Cão, a Touriga Francesa, a Tinta Francisca, o Rufete, a Tinta Roriz, o Bastardo, entre outras. A exposição a norte, numa zona quente, juntamente com diversidade de castas permite-nos vindimar um pouco mais cedo que o normal, encontrando sempre um equilíbrio entre os graus de maturação.

 

O Ano

2016 foi um ano atípico no vale do Douro, com um inverno com temperaturas elevadas e chuvoso seguido de uma Primavera fresca e também chuvosa. O Verão como costume foi quente e seco, mas com uma particularidade de noites bastante frescas, havendo uma grande amplitude térmica entre o dia e a noite, o que preservou a acidez natural da uva dando origem a mostos bastante equilibrados. Um ano particularmente desafiante na viticultura, sendo que foi o primeiro ano de conversão para o modo de produção biológica na Quinta da Carolina.

 

VINDIMA

A vindima ocorreu no dia 10 de Setembro, sábado, de forma manual em caixas de 20kg. Após uma seleção criteriosa as uvas  foram em cacho inteiro para o lagar de cimento onde fermentam espontaneamente, a temperatura controlada. Após um período de maceração de cerca de uma semana, as uvas são presadas e o vinho continua os processos fermentativos em barricas de 500 litros de carvalho Francês e Austríaco.

 

ESTÁGIO

24 meses nas barricas atrás mencionadas, seguido de um ano em inox, onde estabiliza naturalmente no decorrer das estações. Engarrafado manualmente, por gravidade sem filtrar nem colar e com ajustes mínimos de SO2

 

NOTAS DE PROVA

O Quinta da Carolina 2016 é um vinho com um perfil pouco extraído, procuramos a elegância e a frescura que uma vinha velha de exposição a norte nos pode dar. De cor rubi aberta, pouco profunda, com notas herbáceas aliadas á fruta fresca no nariz, profundo e persistente na boca tendo bastante presente o Douro e as notas de estágio em madeira. Um vinho para apreciar enquanto jovem, mas com clara aptidão de envelhecimento. Aconselhável a decantação.

Disponível em:
https://garrafeiratiopepe.pt/vinho-tinto-quinta-da-carolina-reserva

quintadacarolina2015

13,50%

0.6 g/l

3,62

2000

Alcool Açucares residuais pH Produção